segunda-feira, 14 de março de 2011

Merolly a capitã !





Quando um dos seus marujos lhe chama, e lhe comunica de que o capitão quer lhe fala.
Ela responde:
­­­___ Trago-o vamos ver o que ele deseja, se aproxima um Jovem moreno, olhos claros, sem chapéu, cabelos pretos, pois antes ele tinha um na cabeça, pele cuidada, roupa delicada, apesar de suja, pelo combate, com aparecia de uns 30 anos,
Ele se aproxima e logo fala: __Quero fala com o seu capitão agora.
Merolly olhou de cima a baixo, responde: __ele esta no navio, o que queres com ele?
O homem responde:  _  não falo com um simples marujo, pois Merolly vestia-se como um marujo qualquer,   para não ser  reconhecida,quase rasgada.
Merolly só riu e voltou a olhar em direção ao navio onde Elizabeth estava, e notou que o sol brigava com as  nuvens para  sair , e ficou admirado por um instante que esqueceu o Jovem. O homem repetiu em voz alta, Não escutou pobre marujo__ Quero falar com seu capitão.
Merolly virou-se e respondeu: _Ele esta no outro navio, e se você procura muita conversa será jogado no mar. O homem olhou assustado, pela resposta daquele simples marujo, e o olhou sem entende muito. De repente a Elizabeth sobe no navio, e vem logo ao encontro de Merolly e acena com a mão, como se pergunta esta tudo bem?
E com um sorriso Merolly, lhe responde:
_Estou bem
Ai o homem perguntou de novo já gritando?
___cadê esse seu capitão?
Merolly olhou para Elizabeth e aponta, e responde:
É esse ai nosso capitão. O homem ficou paralisado, pois Elizabeth é uma mulher.
Ele fala:
Não é possível, pelas barbas de Netuno __Uma Mulher, a maldição sobre caiu sobre mim, Sou prisioneiro de uma pirata mulher.
Elizabeth rir e dá-lhe a costa, e olha para Merolly, essa que balança a cabeça e a segue, ate a cabine. Elizabeth lhe informa que no outro navio, o outro capitão era nervoso demais e ela deu um remédio, para acalmá-lo, as duas riram.
E começou a informá-la o que tinha na carga muito ouro especiaria e tapete coisa de rei afirmou Elizabeth. Já nessa fala Merolly:
Especiaria e moeda de ouro e muita caixa estranha, e que ela gostaria de sabe os seus conteúdo.
Elizabeth então fala:__ Se é para sabe o conteúdo vai sabe já.
Grita um marujo e lhe uma ordem: __ Trazer o prisioneiro, quando esse se aproxima com as mãos presa nas costa. Ele já vem murmurando e pergunta:
È esse o tratamento que um capitão recebia?
Elizabeth não respondeu nada só olhou a Merolly.
Essa que estava ao lado da janela com um mapa. __Essa foi e respondeu
Se a situação fosse ao contrario, qual seria o seu tratamento?
Esse se virou para Merolly e respondeu:
____Para vadia só o ferro ou porão ou ser nosso divertimento durante a viagem, pra isso serve  as mulheres.
Elizabeth já estava com a ponta da espada no pescoço dele.
Merolly balançou a cabeça dizendo não.
__Deixo-o falar
Ele que estava em pé, sentou-se a cadeira perto da mesa de Merolly, e ergue os olhos para Elizabeth, essa que estava na ponta da escada e perguntou:
__sempre que essa outra Mulher fala você obedece por quê?
Ai como Elizabeth já tinha retirado a ponta da espada da garganta dele, a pedido de Merolly.
Ela foi e lhe respondeu:
Eu iria te responde essa pergunta do meu jeito, passando o punhal na mão, mas como essa outra mulher, a qual você se refere tem um coração de ouro.
Vou lhe responde como ela gostaria de ouvir:
Essa mulher a quem se refere, é quem manda aqui, é quem você tanto procura para conhece, O capitão. Oh! Melhor a capitã. O pobre homem arregalou um olho muito assustado, como pode ser isso navio de mulher pirata, só poder ser maldição dos deuses. E olha o céu, como se fazendo uma prece e disse:
__Por Netuno que maldição, estou amaldiçoado, ser prisioneiro de uma mulher, além disso, uma mulher  pirata.
Ai Merolly o interrompeu dizendo:
Sr., a sua surpresa me alegra, pois nem toda vadia, tem essa vantagem de ter um capitão em suas mãos como prisioneiro.
Ele a interrogou-a
__Qual será o tratamento agora?
Merolly lhe respondeu:
__Será trato como um capitão.
Ele a olhou e balançou a cabeça como dizendo:
Ate que fim. Merolly olhou para Elizabeth, e essa da às ordens, cabíveis sobre o capitão, e ainda pergunta alguma exigência capitão: __ esse responde:
Só que prefiro peixes, e frutas, vinho, fora isso não.
Elizabeth que já estava subindo a escada para providenciar as coisas olha o capitão e murmura:
__ Que capitão é esse que comer comida de Fêmea e sair com um sorriso meio sarcástico no rosto.
Merolly que estava ao lado da janela permaneceu ali olhando o mar..
E o capitão que estava sentado junto à mesa, ficou observando com um olhar de curiosidade, mas não demorou muito o silencio que reino no ambiente foi interrompido pela voz do marujo que acabara de adentra  na cabine e fala :
A capitã pergunta que faremos com a tripulação do capitão?
Ai Merolly se vira e pergunta ao capitão:
__O que faremos com sua tripulação Senhor Capitão.
Ele só a olha e pergunta?
__ O que queres fazer?
__Vamos agora pelo começo!
Responde ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário